Pieridae

As borboletas dessa família são facilmente identificáveis em sua maioria por terem como fator predominante a coloração de suas asas em variações de branco, amarelo e alaranjado.  Outras características são a presença dos tres pares de patas bem desenvolvidos e sistema de nervuras das asas posteriores com duas nervuras anais.  Esta última caracteristica pode ser utilizada para uma rápida distinção das espécies dessa família e as da família Papilionidae.
São borboletas ativas e resistentes sendo dentre todas as que apresentam maior tolerância aos ambientes urbanos e à poluição.   Podem ser encontradas tanto nas florestas quanto nas grandes cidades, e geralmente a sua presença exclusiva, isto é, ambientes onde não são encontradas espécies de outros grupos, apenas de Pieridae, é um indicador de um ambiente em desequilíbrio ecológico.  Muitas espécies dessa família os imagos apresentam comportamento gregário, podemdo assim serem observados na beira de rios bandos de pierídeos que são denominados popularmente de "Panapaná", onde várias espécies podem ser vistas juntas.
A família Pieridae é dividida em tres sub-famílias: Dismorphiinae, Coliadinae e Pierinae.